Revisional pode atrasar despejo

Artigo publicado na Folha de São Paulo – Caderno 9-Imóveis (p. 4)
Data: 18.08.1991 (Domingo)
Autor: Waldir de Arruda Miranda Carneiro

Versão impressa:

(1991-08-18)_RevisionalPodeAtrasarDespejo_1

Versão em texto:

REVISIONAL PODE ATRASAR DESPEJO

WALDIR DE ARRUDA MIRANDA CARNEIRO

Às vésperas de uma modificação legislativa sobre locação imobiliária, tem-se verificado alguns comportamentos bastante interessantes, tanto de proprietários como de inquilinos.

Um desses casos diz respeito à majoração do aluguel por acordo ou através de ação  revisional. O projeto de lei nº 912-A/91 – em trâmite no Congresso –, estabelece, no art. 76,  que todas as locações residenciais por prazo indeterminado, hoje em vigor, poderão ser denunciadas sem motivo pelo locador.

Entretanto, o parágrafo único do artigo diz que, na hipótese de ter havido revisão judicial ou amigável do aluguel, atingindo o preço de mercado, a denúncia (vazia) somente poderá ser exercitada após 24 meses da data da revisão, se essa ocorreu nos 12 meses anteriores à data da vigência da lei.

Por causa dessa exceção, muitos proprietários, ansiosos em poder despejar rapidamente seus inquilinos, estão se recusando a fazer acordos para aumentar o aluguel. Há inclusive aqueles que, mesmo já tendo direito à revisão judicial,  deixam de entrar com a revisional.

Todavia , o inquilino pode retardar a aquisição, pelo locador, do direito à denúncia vazia. Isso se conseguir aumentar amigavelmente o valor do aluguel, o propor uma ação revisional, desde que a locação já esteja em curso por mais de três anos desde o início do contrato ou do último acordo. Dessa forma,  o proprietário não poderá se opor à revisão
judicial dos aluguéis e. consequentemente, ao afastamento do direito à denúncia vazia pelo prazo de dois anos.


WALDIR DE ARRUDA MIRANDA CARNEIRO, 27, é advogado pós-graduado pela Faculdade de Direito da USP e autor do livro Locação Predial Urbana.

 

87 total views, 2 views today

Esta entrada foi publicada em Notícias (clipping), Locação, Veículo, Folha de S. Paulo, Waldir de Arruda Miranda Carneiro e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta